Marrocos Banner Image

Marrocos

O Marrocos abriga mais de 36 milhões de habitantes e tem a terceira maior economia do norte da África. UrbanShift está envolvida na cidade de Marrakech, que compreende cerca de 5% da população urbana do Marrocos.

O projeto UrbanShift no Marrocos é implementado pelo PNUD, em parceria com o Governo do Marrocos e a Cidade de Marrakech.

Localizado no canto noroeste do continente africano, Marrocos abrange diversos ecossistemas florestais, bosques e desérticos e desfruta de costas com o Oceano Atlântico e o Mar Mediterrâneo. Marrocos também tem o segundo maior índice de biodiversidade entre os países mediterrâneos, com habitats marinhos particularmente ricos.

A economia do Marrocos é a sétima maior da África, dominada pelo setor de serviços, indústria e turismo. Entretanto, a agricultura ainda emprega a maior proporção da força de trabalho e responde por mais de 11% do Produto Interno Bruto (PIB).

País de renda média, o Marrocos conseguiu manter o crescimento econômico por vários anos em cerca de 4% (pré-COVID-19). Através de políticas macroeconômicas agressivas e reformas, avanços significativos foram feitos para melhorar o bem-estar dos cidadãos marroquinos: os níveis de pobreza caíram para menos de 5% e a expectativa de vida no Marrocos está entre as mais altas da África.

O DESAFIO

Reconhecendo o valor da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos, o Marrocos tem liderado muitos esforços de conservação em todo o país, incluindo programas para restaurar e regenerar 50.000 hectares de florestas em uma base anual. O Marrocos também planeja reduzir suas emissões de gases de efeito estufa (GEE) em 45,5% até 2030 e atingir 52% de capacidade instalada de energia renovável também até 2030. Graças a estes ambiciosos compromissos climáticos, o Marrocos ocupa o quinto lugar no mundo no índice de desempenho climático para 2022.

No entanto, o desenvolvimento econômico e o crescimento demográfico, juntamente com a mudança climática e a rápida urbanização, levaram a um forte aumento da pressão sobre os recursos naturais e a biodiversidade no Marrocos. Consequentemente, a degradação da terra, a perda da biodiversidade e outros fatores antropogênicos estão aprofundando as vulnerabilidades relacionadas ao clima - ciclos de inundações e secas, temperaturas extremas, incêndios e deslizamentos de terra - nos centros urbanos de todo o Marrocos.

MARRAKECH

Aninhada aos pés das montanhas Atlas, a histórica cidade de Marrakech é o lar de pouco mais de um milhão de pessoas. Marrakech deriva cerca de um terço de sua renda do turismo, tornando-a a segunda cidade mais dependente do turismo no mundo. Outras atividades econômicas incluem a agroindústria, o comércio e o artesanato. Marrakech se expandiu 10 vezes geograficamente nos últimos 35 anos. Como resultado, a cidade enfrenta inúmeros desafios urbanos, tais como planejamento urbano limitado ou inadequado, escassez de água e temperaturas extremas, que estão sendo exacerbadas pela mudança climática.

Marrakech
Marrakech, Marrocos. Calin Stan / Unsplash.

INTERVENÇÃO DO URBANSHIFT

Nosso projeto visa promover o planejamento urbano integrado e o desenvolvimento de instrumentos de financiamento inovadores em Marrakech, adotando uma abordagem multisetorial e inclusiva para fomentar o crescimento sustentável. Isto será alcançado através de reformas de planejamento e políticas, juntamente com o aumento dos investimentos em opções de desenvolvimento com baixo teor de carbono em vários setores econômicos.

Exemplos:
  • Revisão da estrutura de planejamento urbano a nível nacional
  • Desenvolvimento de planos de negócios para três setores econômicos-chave, a saber, gestão de resíduos, biodiversidade e recursos hídricos
  • Demonstração piloto para a implantação e teste de soluções baseadas na natureza (NBS) e agrobiodiversidade
  • Implantação de sistemas de mobilidade sustentável, tais como motocicletas e ônibus elétricos

 

ORÇAMENTO DO PROJETO

  • Total GEF Subvenção: $9,6 milhões
  • Co-financiamento: $298 milhões

 

CONTATO

Para mais informações sobre as atividades do Marrocos em UrbanShift, favor contatar Amal Nadim, Chefe de Meio Ambiente, Energia e Mudança Climática do PNUD.